Uma oportunidade eficaz de fazer o bem

Como funciona

Parceiros privados doam valores a serem depositados na conta da organização parceira doebem.

Havendo disponibilidade de recursos, as famílias receberão as transferências por ordem de chegada no cadastramento.

O valor a ser transferido será igual ao valor do benefício que a família recebe pelo Programa Bolsa Família.

Como posso doar?

No momento, finalizamos o projeto piloto.

          •  
      • 62260000273-3
          •  
      •  

Perguntas & Respostas

O que é o projeto piloto?

O projeto piloto é a primeira iniciativa a ser posta em prática pela DoeDireto. Vamos levar doações financeiras de pessoas e organizações para famílias vulneráveis. Ele será concluído até o final do mês de maio. Realizaremos o cadastramento das famílias e, concomitantemente, faremos a captação de recursos para que elas recebam um benefício adicional no mesmo valor do benefício recebido pelo Programa Bolsa Família do Governo Federal. Ou seja, se a família recebeu R$100 do Bolsa Família no começo do mês de maio, vamos transferir R$100 adicionais via Doe Direto. Durante o piloto, iremos realizar a transferência conforme o recurso for captado e os cadastros ocorrerem. Nossa estimativa é de atender 200 famílias e transferir cerca de 30 mil reais.


O que acontece se o valor das doações for menor que o total de famílias cadastradas?

O cadastramento em nossa plataforma não garante o recebimento da doação. As famílias receberão os recursos de acordo com a sua ordem de inscrição. Vamos nos esforçar para captar recursos necessários para que todas as famílias sejam atendidas até o final do mês de maio. Dada a disponibilidade de recursos, as famílias cadastradas receberão a transferência até o final de maio de acordo com a ordem de cadastro.

 

O que acontece se o valor das doações for maior que o total de famílias cadastradas?

Se ao final  do mês de abril tivermos mais recursos disponíveis do que o suficiente para atender todas as famílias cadastradas, iremos interromper o canal de doações para o projeto piloto. Colocaremos os nosso esforços em maio para buscar novas famílias para receber o benefício. Já estamos expandido o contato com o governo, organizações e associações que vão nos apoiar no cadastramento de famílias pertencentes ao CadUnico, que chegam a mais de 550 mil na cidade de São Paulo. Se até o final de maio não tivermos o número suficiente de famílias, vamos transferir uma segunda rodada de recursos para as famílias que já foram beneficiadas uma vez. Se ainda assim tivermos disponibilidade de recursos ao final de maio, iremos retornar recursos de forma proporcional aos doadores

 

Eu posso escolher a pessoa que irá receber o dinheiro?

Os doadores não poderão indicar para quem vai a sua doação, mas podem acompanhar os principais resultados na página da doe direto.


O que vai acontecer após o piloto?

A DoeDireto é a primeira ONG que vai trabalhar exclusivamente com transferência direta de renda no Brasil. O projeto piloto nos permitirá auxiliar as famílias vulneráveis a enfrentar a crise de forma eficaz e testar o nosso modelo de operação. Após o piloto, pretendemos expandir a nossa atuação, cadastrando mais famílias, definindo a recorrência das doações e avaliando o impacto das nossas ações